Jalapeño receberá o talentoso Lucas Arruda

capa-lucas-arruda-youtube
Foto: Reprodução/Youtube.
PUBLICIDADE

A noite de hoje (07/12) em Jardim da Penha ficará por conta do multi-instrumentalista capixaba Lucas Arruda. O cantor tocará no Jalapeño Cocina y Cultura as músicas de seus dois trabalhos, os discos Sambadi (2013) e Solar (2015), além de releituras de Stevie Wonder, Michael Jackson, Jorge Ben, Al Green e The Temptations.

Tem um cara do Espírito Santo que lançou um disco semana passada na Europa, e que deve sair no Brasil, que se chama Lucas Arruda. Essa é a grande novidade para mim. Ele é multi-instrumentista, jovem e tem uma competência absurda. Ele é a antítese dessa geração que está aí falando coisas em um discurso incompetente. O Lucas Arruda é brilhante, para mim, é o disco de 2013,” disse ninguém menos que o gigante Ed Motta sobre o cantor.

Vindo de uma família musical, Lucas é um exímio tecladista. Sua música, no entanto, é curiosamente mais reconhecida no exterior do que por aqui. “Acho que para o tipo de música que venho produzindo o mercado está mais acolhedor lá fora do que aqui, no que se refere a gravadoras, rádios e etc,suspeita o cantor, cujos lançamentos saíram pela gravadora francesa Favorite Recordings.

Seu trabalho é um talentoso passeio pelo soul, funk, jazz e blues. “Esse disco é muito influenciado pela fase dos anos 70 do João Donato, pelo Robson Jorge & Lincoln Olivetti e também pelo Marcos Valle, especialmente os discos dos anos 80. […] O Azymuth também é uma grande influência. […] Tem também influências do Steely Dan, Banda Black Rio e George Duke,” garante Lucas sobre os pilares de seu disco mais recente.

Local: Jalapeño Cocicna y Cultura; Av. Francisco Generoso da Fonseca, 355, Jardim da Penha, Vitória/ES;
Data: Quinta-feira, 07/12/2017;
Hora: 19h30;
Valor: R$7.

Texto: João Depoli; Foto de capa: Reprodução/Youtube.