Dan Abranches leva Ruby ao Motor Rockers e à Casa Verde

capa-dan-abranches-andre-dantas-youtube
Foto: André Dantas/Reprodução/Youtube.
PUBLICIDADE

A cantora e compositora Dan Abranches, que recentemente tocou na Fábrica.Lab 2017, fará dois shows em Vitória/ES nesta semana. O primeiro deles acontecerá no projeto Quarta Autoral do Motor Rockers, na Praia do Canto, nesta quarta-feira (13/12). No dia seguinte (14/12), Dan segue para a Casa Verde, no Centro, onde tocará com Rodrigo Novo — que estará apresentando seu novo EP, Lá e Cá.

Natural de Cachoeiro de Itapemirim/ES, Danielle Abranches começou a tocar violão aos 13 anos de idade. Sua primeira apresentação veio logo no ano seguinte, no Theatro Carlos Gomes, como parte de um evento organizado pela escola onde fazia aulas de canto. Em 2008, aos 15 anos, tornou-se a vocalista da banda de rock Olgah, com a qual chegou a gravar um EP e a abrir os shows das bandas Fresno e Strike.

Dois anos mais tarde, Abranches formou a banda Surbelle, cujas canções do EP de estreia, Depart, levaram o grupo ao topo do MySpace. A banda chegou a abrir shows para Forfun, Gloria e Hevo84 e o sucesso de sua trajetória fez com que Danielle e o guitarrista Manoel Neto se mudassem para São Paulo em 2011. Pouco mais de um ano depois, entretanto, a impossibilidade de conciliar a música com outros trabalhos trouxe um fim à Surbelle.

Como artista solo, Abranches lançou o álbum digital Já Foi, em Janeiro de 2012. Gravado e produzido por Paulo Roberto Albino no Estúdio Zero (São Paulo), o registro apresenta quatro canções predominantemente acústicas: “Pra Esquecer”, “Ambição”, “Tudo Que Eu Sempre Quis” e “Palavras Que Eu Nunca Quis Falar”.

Alguns anos mais tarde, a cantora resolveu apostar em releituras acústicas no formato de vídeos postados no Youtube. Nesta investida, chamou atenção com “Silly Fear”, uma versão em inglês da música “Medo Bobo”, da dupla sertaneja Maiara & Maraisa — cujo vídeo hoje contabiliza quase 44 mil visualizações.

Durante sua temporada com essas releituras, Danielle pôde amadurecer suas composições e hoje se encontrou numa sonoridade mais leve pautada no soul e R&B — mas sem deixar de lado suas raízes passadas. No dia 9 de Novembro deste ano, lançou o misterioso e encorpado EP Ruby, com as faixas “Gold”, “Ruby”, “Ágata” e “Pump”, das quais foi responsável pela composição e pré-produção.

Não perca a oportunidade de conferir o trabalho desta incrível cantora nesta semana, seja no Motor Rockers (13/12) ou na Casa Verde (14/12)!

Texto: João Depoli; Foto de capa: André Dantas/Reprodução/Youtube.