E elas vão dominar o mundo! Escute “Sistema Feminino”, o sensacional álbum de estreia do grupo de rap Melanina MCs

Na última sexta-feira (26), o grupo de rap Melanina MCs lançou o seu tão esperado álbum de estreia. Intitulado Sistema Feminino, o disco foi gravado por Alexandre Barcellos, num processo que, nas palavras da MC Afari (que compõe o grupo junto de Geeh, Lola e Mary Jane), “foi um período de dedicação e aprendizado enriquecedor para todas nós.

Com produção dos músicos Henrique Paoli (André Prando e My Magical Glowing Lens) e Fepaschoal, o registro apresenta dez músicas cuja temática foi cuidadosamente esculpida em torno do suor cotidiano das MCs. Escancara com maestria os desafios diários que a mulher negra precisa enfrentar para sobreviver à atual sociedade, fornecendo assim um fiel retrato do que é viver num país que, de uma forma infeliz e retrógrada, tem se tornado cada vez mais opressor e preconceituoso. É um inevitável e estridente tapa na cara, esteja o ouvinte consciente ou não da mensagem que lhe é transmitida — o que dá ainda mais credibilidade às canções.

Mas não é só do sensacional trabalho lírico que este álbum é composto — o que por si só já distancia Sistema Feminino de muito do que vem sendo produzido ultimamente. A performance vocal das MCs evidencia tamanha sinceridade, carisma e sintonia que é impossível não ficar absorto na nuance de vozes projetada pelo quarteto. O mesmo vale para as participações especiais de Morena (Solveris), nas músicas “Tudo Que Não Quis” e “Pele Maciça”, e da cantora Budah, na faixa “Castelo de Madeira”.

Além disso, cabe destacar a brilhante versatilidade da camada instrumental que acompanha as músicas. Gravado por ilustres musicistas do circuito nacional, como Gabriela Deptulski (My Magical Glowing Lens), Thaysa Pizzolato (Auri), Carol Navarro (Supercombo), Larissa Conforto (Ventre), Anna Tréa, Henrique Paoli, Fepaschoal e DJ Jone BL, seu desenrolar exibe uma formidável combinação da identidade de cada um, orquestrando assim uma atmosfera que se entrelaça perfeitamente com as hipnotizantes melodias de Afari, Geeh, Lola e Mary Jane.

Clique no vídeo abaixo e tire suas próprias conclusões acerca deste álbum. Apenas tenha em mente que você precisará desmarcar seus próximos compromissos, pois é impossível começar a ouvi-lo sem passar por todas as suas canções!

Texto: João Depoli; Foto de capa: Reprodução/YouTube.

Categories: Notícias