capa-últimos-humanos-fim-vocalista-divulgação-facebook

“A maioria das bandas aqui no Brasil desenvolvem músicas a partir de fórmulas já prontas e, como no atual momento perdura essa deficiência — deficiência essa que os Últimos Humanos suprem muito bem —, além de que o conceito aplicado nas [nossas] letras são questões emergentes em relação ao nosso atual drama psicológico social, tínhamos [que] voltar,” disse o vocalista Henrique Vianna, também conhecido como Rato, ao Inferno Santo sobre o segundo retorno da banda Últimos Humanos no início de Maio.

Tudo parecia muito bem resolvido para uma nova onda de shows e inclusive um novo disco, sucessor do álbum Mundo Distorcido (2012). “Essa volta será regada de muito psicodelismo com influências de bandas do conceito metal. Estamos em processo de gravação e em breve vai ter material novo na praça,” comentou o baixista Clovis Monteiro sobre um possível lançamento do grupo.

+ “O som do Apocalipse.” Fique por dentro do retorno da banda Últimos Humanos

Apesar disso, velhos problemas tendem a se repetir e três quartos da banda acabam de anunciar sua “saída definitiva” do grupo devido a problemas com o vocalista, que ao que tudo indica desapareceu.

Confira a nota publicada:

“Por meio desta nota viemos comunicar a todos amigos, fãs entre outros próximos o FIM por definitivo das participações de Alessandro Rocha (guitarra) Clovis Monteiro (voz e baixo) e Luiz Giordano Dodas Bianchi Lopes (bateria) na banda ÚLTIMOS HUMANOS. Tendo como principal motivo para o término do projeto a falta de honestidade, caráter e respeito a todos da banda, inclusive ao público, por parte de Henrique Vianna, vulgo RATO, que em total desrespeito aos companheiros aqui citados desapareceu deixando dívidas aos mesmos. Se você tiver algum contato com esse pedaço de merda ambulante afaste-se. Desde já agradecemos a compreensão.”

Aparentemente Henrique estava certo quando nos disse que o que planejava fazer para o restante de 2018 era apenas “perturbar”!

Texto: João Depoli; Foto de capa: Divulgação/Facebook.

Gostou? Clique aqui e curta nossa página no Facebook para não perder mais nenhuma matéria.