Melanina MCs gravam hoje sua participação no Manos e Minas

melanina-mcs-manos-e-minas-filipa-andreia-divulgação
Foto de capa: Filipa Andreia/Divulgação.
PUBLICIDADE

“A felicidade é grande e a ansiedade maior ainda”, diz a mensagem publicada pelo Melanina MCs na tarde de sábado (28), quando grupo de rap partiu rumo à capital paulista para gravar um episódio do programa da TV Cultura Manos e Minas. “Estamos de partida pra Sampa mais uma vez, na missão de levar a cena do Rap do ES pro Brasil inteiro. Representando as mulheres, feministas, negras, e todas as classes minoritárias a quais fazemos parte em vida”.

Depois de uma campanha no site Vakinha (que arrecadou R$560 após sorteios, rifas e mais), as MCs Afari, Geeh, Lola e Mary Jane finalmente apresentam o álbum Sistema Feminino (2018) na noite de hoje (30), no Teatro Franco Zampari. “Muito obrigada a todos e todas por cada contribuição e todo o incentivo. Vocês são protagonistas de mais um sonho conquistado por nós”, agradeceu o quarteto a todos aqueles que contribuíram com o financiamento coletivo para sua viagem.

Em adição à sua participação no Manos e Minas—que recentemente recebeu outro capixaba, o rapper Fabriccio e seu brilhante álbum Jungle (2017)—, o quarteto também prometeu uma mini turnê por São Paulo. Embora nenhuma data ainda tenha sido liberada, cabe lembrar que essa não é a sua primeira passagem por lá. Elas apresentaram seu disco de estreia num show realizado no renomado Sesc Vila Mariana, ainda em abril. “Pra nós, um prazer imenso, por levar mais um pouco da música autoral do ES a outros estados, e dessa vez com mulher no mic”, publicaram na época.

Além de todos esses compromissos, as Melaninas também acabaram de lançar um videoclipe do remix feito pelo canal Rap Box para a canção “Castelo de Madeira”. “Estamos sem palavras pra descrever o tamanho da nossa satisfação com esse trampo”, afirmaram as MCs. “Seguimos levando o ES e sua força pra cima! Obrigada, Rap Box! Que venham mais parcerias pela frente”.

Texto: João Depoli; Foto de capa: Filipa Andreia/Divulgação.

Quer ficar por dentro do que acontece no circuito musical do Espírito Santo? Siga-nos no Facebook ou no Instagram e pare de passar vergonha dizendo que “por aqui não se faz música boa”!

PUBLICIDADE