Trancado no Funky Pirata, duo Transe começa as gravações de seu disco

Com Gabriela Deptulski (My Magical Glowing Lens) na produção musical, Francesca Pera e Fernando Zorzal iniciam as sessões de gravação de seu primeiro disco como o duo Transe

transe-sol-na-cabeça-transa-tropikal-victória-dessaune-divulgação
Francesca Pera e Fernando Zorzal se apresentam como o Transe (Crédito: Victória Dessaune).
PUBLICIDADE

Eles tardaram, mas não falharam!

Nessa segunda-feira (1), Francesca Pera e Fernando Zorzal finalmente deram início às gravações do primeiro disco de seu novo projeto, o duo Transe. Sob o comando de Gabriela Deptulski (My Magical Glowing Lens) na produção musical, o processo está sendo conduzido no estúdio Funky Pirata, em Vitória, onde essa galera se encontrou ainda em maio para discutir o trabalho.

Relembre o surgimento do duo: Transe inicia suas atividades com shows no Espírito Santo e na Bahia.

Desde o início da semana, as sessões já contaram com diversos convidados ilustres do circuito musical atual. Quem passou pelo estúdio para deixar sua marca no trabalho foram os bateristas Henrique Paoli (André PrandoMelanina MCs)—que também assina o projeto como um de seus arranjadores—e Natália Arrivabene (Xá da Índia, My Magical Glowing Lens), além de três exímios baixistas: Yasmin Nariyoshi (As Alquimistas, Gabriela Brown), Jackson Silva (André Prando) e Manel Fogo (Fepaschoal, Xá da Índia).

Entenda o som: Transe, Xá da Índia e Sol na Cabeça são destaques em vídeos de flashback do Garagem Vitória; assista.

Confira abaixo alguns trechos dos bastidores dessas gravações.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Bruno Zanetti (@funkypirata) em

Texto: João Depoli; Foto de capa: Victória Dessaune/Divulgação.

Siga o Inferno Santo no Facebook, no Instagram e no Twitter e pare de passar vergonha dizendo que “no Espírito Santo não se faz música boa”!

inferno-santo-thumbnail-svg

PUBLICIDADE