Confira os vencedores e suplentes do Edital de Produção e Difusão Musical da Secult em 2018

Secult disponibiliza resultados de seus Editais da Cultura 2018

secult-editais-da-cultura-2018-resultado
Veja quem foram os vencedores deste ano
PUBLICIDADE

Com uma última atualização feita na quarta-feira passada (21), a Secretaria de Estado de Cultura do Espírito Santo (Secult) agora disponibilizou o resultado de todos os Editais da Cultura deste ano.

Conforme publicamos por aqui ainda em junho, estes instrumentos somam um orçamento de aproximadamente R$10 milhões. Buscando contemplar o trabalho de artistas, pesquisadores da área, produtores, grupos culturais e demais interessados, seu objetivo foi bem claro: “estimular as atividades artístico-culturais e permitir o acesso democrático aos recursos públicos”.

PUBLICIDADE

Tratando-se especificamente do Edital nº 016/2018 (Produção e Difusão Musical), que selecionou artistas e bandas do Espírito Santo, com repertório autoral ou não, abaixo seguem os resultados dos proponentes e projetos aprovados, assim como a pontuação e os suplentes de cada categoria. Se quiser conferir a lista dos projetos não selecionados e demais informações, clique aqui para conferir a ata do resultado deste Edital.

1) Projetos de R$25.000

Proponente Título do Projeto Pontuação
1. Rúbia Vieira de Moraes dos Santos Música Insular 89,6
2. Kátia Cunha Rocha Encantei – Coisas de Milton, por Kátia Rocha 74,9
3. Serena Produções Voador 73,6
4. Déborah Nicchio Sathler Criação, produção e lançamento de show “Sagrada Paz: Todos pela Liberdade Religiosa” com Tunico da Vila 73,5
5. Rita Uliana Lançamento de show “Na Vibes Trio” 71,5
6. Venício Piedade Junior Criação, Produção e Lançamento do Show Musical “Choro Cantado” 71,0
1. (Suplente) Amaro Lima “Alexandre Lima – R&B com os GANGSTERS” 68,6
2. (Suplente) Raphael Jonacy Farias Terra Convexa Sensorial 63,3
3. (Suplente) Francisco das Chagas Gomes da Silva Gravação de CD “Nossa História, Nossa Música” – RESGATE MUSICAL DA CULTURA ITALIANA – por Chico Chagas 62,1
PUBLICIDADE

2) Projetos de R$20.000

Proponente Título do Projeto Pontuação
1.Wanderson Lopez CD Aprender a ser rio 82,5
2. Gabriel de Alvarenga Brandão “GABRIEL RUY À VERA” – VALORIZAÇÃO DA MÚSICA CAPIXABA INSTRUMENTAL 82,2
3. Silvia Borges Dondi Guido Encontro 79,5
4. Frederico de Oliveira Franco Plano de Voo – Conteúdo Paralelo 77,7
5. Eduardo Cézar Martins Ribeiro Capixaba de Fato 76,6
6. Eduardo Szajnbrum Ladeira São Bento – Baobab Trio 76,0
7. Carla Patrícia Abrahão CD “Do Erudito ao Jazz: Quarteto Claude Bolling” 71,4
1. (Suplente) Grupo América 4 Raiz Acústica – América 4 70,8
2. (Suplente) Célio Paula da Costa Sinergia 68,4
3. (Suplente) WELLINGTON PAGANUCCI XAVIER Produção do CD “Cantoria de Congo” de Étti Paganucci 66,7
4. (Suplente) Bárbara Nunes Greco Gravação do CD da cantora Bárbara Greco intitulado “AtraVerso” 64,7
5. (Suplente) Rodrigo Novo Rodrigo Novo 64,6
6. (Suplente) Ademilton Gomes da Silva Júnior Gravação do Álbum Delineio, da Cantora e Compositora Mary Amaral 61,9

 

3) Projetos de R$10.000

A Comissão Julgadora não selecionou projetos nesta categoria.

PUBLICIDADE

4) Projetos de R$8.800

Proponente Título do Projeto Pontuação
1. Brenda Mozer Nascimento EP Brenda Mozer – “Ipuã” 67,8
2. Caio Nunes Cardoso #mundoreset – metteoro 62,1

 

Saiba mais

Para conhecer os vencedores dos demais editais, bem como os projetos não selecionados, clique aqui.

Texto e foto de capa: João Depoli.

Siga o Inferno Santo no Facebook, no Instagram e no Twitter e pare de passar vergonha dizendo que “no Espírito Santo não se faz música boa”!

inferno-santo-thumbnail-svg

PUBLICIDADE