Veja quais são as duas bandas de abertura do Läjä Festival Vol. 2

laja-festival-vol-2-g-g-di-martino-divulgação
Foto de capa: G. G. Di Martino/Divulgação.
PUBLICIDADE

“Saiu o resultado do ‘concurso’ (eca), isso não combina com hardcore”, publicou o músico Fabio Mozine na noite dessa segunda-feira (10) sobre as últimas bandas selecionadas para a segunda edição do Läjä Festival, que acontece nesse sábado (15), em Vitória. Até então com um line-up oficial composto por bandas capixabas, paulistas, cearenses e até do Uruguai, o evento estava em busca de duas atrações locais para fazer sua abertura.

Para chegar a esses candidatos, Mozine recorreu à fórmula que utilizou no ano passado—que na época garantiu uma vaga ao quarteto Blackslug e ao então trio Whatever Happened to Baby Jane (que dessa vez integra a escalação oficial do festival)—e propôs uma espécie de processo seletivo. “Não vamos avaliar se o chimbal ficou baixo na gravação, se o baixista errou no final, etc. Vamos avaliar a proposta da sua banda, o conteúdo, letras, etc”, assegurou o músico quando colocou seu “edital” na praça.

Leia também: Fúria, assassinato e resistência: Whatever Happened to Baby Jane lança ‘Luz Del Fuego’.

Algumas semanas de inscrições depois e um atraso na divulgação do resultado devido a um fim de semana de bebedeira, o mistério finalmente terminou.

Auxiliado por sua esposa Laura Paste (representando a Läjä Records) e os músicos Marcelo Buteri (Os Pedrero e Undertow), Alexandre Capilé (Water Rats), Deborah Babilônia (Deb and the Mentals) e Vanessa Labuto (Whatever Happened to Baby Jane), as duas bandas selecionadas foram: Pilltime (a antiga Mean Mustards), que contabilizou 7 pontos, e Sem Galho & Sem Semente, que alcançou um total de 6. Outras bandas que também por pouco não entraram no jogo foram Bençä (5 pontos), Inoutside (5 pontos) e Amanita Flying Machine (1 ponto).

“Obrigado a todos que participaram, ouvimos TODAS as bandas, qualquer uma de vocês merecia tocar nessa festa ou em qualquer outro lugar”, afirmou Mozine. “Ano que vem vou pensar se existe uma outra maneira de selecionar as bandas novas que queremos dar oportunidade. Bom, foda-se, de qualquer forma, o resultado foi [esse]”.

laja-festival-vol-2-line-up-oficial-g-g-di-martino-divulgação
Line-up oficial do Läjä Festival Vol. 2 (Crédito: G. G. Di Martino).

Serviço

Läjä Festival Vol. 2
Local: Fluente; Avenida Saturnino Rangel Mauro, 505, Jardim da Penha, Vitória/ES;
Data: Sábado, 15 de setembro de 2018;
Horário: 14h às 22h;
Valor: R$10 (antecipado) ou R$20 (na porta).

Texto: João Depoli; Foto de capa: G. G. Di Martino/Divulgação.

Siga o Inferno Santo no Facebook e no Instagram e pare de passar vergonha dizendo que “no Espírito Santo não se faz música boa”!

inferno-santo-thumbnail-svg

PUBLICIDADE